Curta de Sorriso, que aborda o trabalho escravo, seleciona atores neste sábado

Cultura

Filme é nova versão de obra independente, com recursos do Programa Municipal de Incentivo à Cultura

Uma nova versão do curta-metragem “Mato Escravo”, de Sorriso (400km de Cuiabá), está em fase de preparação para início das filmagens e terá teste de elenco neste sábado (17). A obra tem como pano de fundo a escravidão e a nova versão promete vir com uma abordagem mais aprofundada sobre o tema.

O curta é dirigido pelo cineasta Salles Fernandes, com produção cultural do Camarim Mágico. Novos atores farão parte da trama, porém a produção pretende manter alguns integrantes da primeira versão, como é o caso da atriz Bárbara Hoffmann.

Na audição e teste de elenco para a nova produção, programada para o sábado, a partir das 19h, poderão participar atores e atrizes negros e brancos, com idades entre 05 e 80 anos.

As gravações da nova versão do curta-metragem estão previstas para começar no mês de agosto.

Intitulado “O Mato Escravo”, a primeira versão do filme foi lançada em 2019, como projeto piloto de produção independente. A produção foi toda custeada pelo próprio elenco.

Já a nova versão do curta-metragem contará com recursos provenientes do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), da etapa “Festival da Cultura 2020”, no segmento Audiovisual.

“Essa nova produção será bem centralizada no estado de Mato Grosso e a ideia da refilmagem é, além de trazer uma abordagem diferente, captar com equipamentos cinematográficos de ponta, que trarão qualidade excepcional ao produto audiovisual”, explica Salles.

O teste será realizado na Associação Ribalta Sorrisense, localizada na Rua Lupicínio Rodrigues, nº 734, em Sorriso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.