Cuiabá fomenta prática do pugilismo e é palco de quatro campeonatos; veja lista de vencedores

Esporte

Os vencedores do 12º Campeonato Brasileiro de Boxe, 5º Campeonato Brasileiro de Boxe Feminino Juvenil, 13º Campeonato Brasileiro de Boxe Masculino Cadete  e 1º Campeonato Brasileiro de Boxe Feminino Cadete, realizados na capital mato-grossense, foram conhecidos no fim de semana. Os  atletas participaram do torneio que contou com apoio da Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer.

O ginásio Gustavo Cid Nunes Cunha, instalado no bairro Lixeira, recebeu as adequações necessárias para contemplar a disputa, que reuniu os melhores atletas da categoria de base no país, representando de 18 estados. 

O evento na capital foi o primeiro torneio realizado após a suspensão das atividades em decorrência da pandemia do coronavírus e, Cuiabá, marcou presença conquistando medalhas de bronze. Uma delas foi a do competidor, Samuel Antônio de Jesus Ferreira, 16 anos, que alcançou o terceiro lugar na categoria 54 quilos.

“Estava esperando ansiosamente por esse torneio. Comecei a treinar há pouco mais de dois anos. Participei pensando em conquistar o primeiro lugar, mas não foi dessa vez. Vou treinar ainda mais para participar do campeonato nacional ainda esse ano”, ressaltou Samuel.  

A emoção tomou conta do jovem boxista Alisson da Silva, 15 anos, que ganhou medalha de ouro na categoria 50 kg. Ele representou o estado da Bahia.

Emocionado, conta que apesar de já ter vencido em outros campeonatos e que já  lhe renderam outras cinco premiações, na capital mato-grossense percebeu que a interação com o público foi intensa. “O público participa, e isso nos motiva”, declarou.

A participação no Campeonato Brasileiro Cadete (masculino e feminino) foi exclusiva para atletas não profissionais nascidos entre 2005 e 2006. Já a disputa no Campeonato Brasileiro Juvenil (masculino e feminino) destinou-se aos  atletas não profissionais nascidos entre 2003 e 2004. “O Campeonato Brasileiro de Boxe é a mais tradicional e importante competição de pugilismo Olímpico do Brasil. O torneio nas categorias Cadete e Juvenil é essencial para promover o desenvolvimento do futuro do esporte nacional. Quem for campeão ou vice campeão tem a oportunidade de disputar fora do Brasil”, explicou diretor da Federação Mato-grossense de Boxe, Sebastião da Silva Borges.

“Cuiabá é referência em abrigar as principais competições de base do boxe brasileiro. Assim como o boxe, a Prefeitura tem investido na realização de campeonatos e torneios a fim de incentivar a prática e valorizar os atletas aqui da capital. É motivo de grata satisfação saber que a capital está servindo de modelo para outras capitais do Brasil”, disse a secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob.

Confira abaixo o resultado das finais: 

12º Campeonato Brasileiro de Boxe

Masculino Juvenil

51kg

Ederson Oliveira (SP) 4:1 Wendel Barbosa (RJ)

54kg

Ronald Ribeiro (ES) KO R1 Ricardo Souza (BA)

60kg

Pablo Capistrano (ES) 5:0 Daniel Pessoa (BA)

63,5kg

Hebert Soares (GO) 3:2 Paulo Mota (RJ)

67kg

Alyssonn Sylva (GO) 5:0 Maxwell Ferreira (SP)

75kg

Felipe Ignácio (SP) 3:2 Jomário Cruz (BA)

86kg

Ricardo Filho (ES) RSC R3 Iranildo Barbosa (PA)

5º Campeonato Brasileiro de Boxe Feminino Juvenil

51kg

Victoria Lima (SP) 5:0 Alana Lima (PA)

57kg

Rayssa Carneiro (PR) 5:0 Rafaela Silva (RR)

13º Campeonato Brasileiro de Boxe Masculino Cadete

50kg

Alisson Santos (BA) 4:0 Givaldo Neto (SC)

54kg

Kelvy Alecrim (SP) 4:1 Alecssandro Domingos (PB)

60kg

Samuel Santos (BA) 3:2 Luis Barcelos (RJ)

66kg

Bruno Dias (SE) 3:2 Allan Firmiano (SP)

75kg

Dimithely Lago (TO) 3:2 Bryan Almeida (SP)

1º Campeonato Brasileiro de Boxe Feminino Cadete

48kg

Nicoli Oliveira (SC) RSC R3 Liana Santos (BA)

52kg

Rayssa Antunes (RJ) RSC R3 Ketelyn Santos (SP)

60kg

Maria Jesus (BA) 3:2 Cristiane Costa (PA)