baguncinha

Baguncinha com maionese temperada pode se tornar patrimônio cultural de Cuiabá

Gastronomia

Entretê

O tradicional baguncinha, acompanhado da maionese temperada, pode se tornar patrimônio cultural de Cuiabá. É o que prevê o projeto de lei do vereador Adevair Cabral (PTB). O parlamentar apresentou o projeto na Câmara de Cuiabá e pede que a medida saia do papel.
 
O lanche é uma das ‘marcas’ de Cuiabá e pode ser encontrado em trailers e lanchonetes de rua. Há quem diga que o baguncinha já foi alvo da ‘gourmetização’.
 
No documento, o vereador justificou que o baguncinha ‘ficou enraizado’ na cultura e se transformou em ponto de encontro dos cuiabanos que apreciam comer, beber e conversar.
 
Cabral afirma que a venda do lanche gera empregos, sustento para diversas famílias na capital mato-grossense e é um símbolo tradicional que faz parte da gastronomia da cidade.
 
“O preparo do referido lanche é feito na chapa com combinações de sabores, pois vêm dentro de um pão próprio com: hambúrguer, ovos, queijo, presunto, alface, tomate, salsicha, bacon, calabresa e com maionese temperada que traz um sabor inigualável de degustação”, argumentou o vereador.
 
Ao finalizar a proposta de lei, Cabral disse que o objetivo é valorizar a tradição desse tipo de culinário e buscar dar respaldo ao funcionamento dos trailers de lanches.