Abrasel-MT inicia novo ciclo

Bares Destaque Gastronomia

Nesta terça-feira (28) a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Mato Grosso (Abrasel-MT) oficializou o novo mandato da diretoria. Na cerimônia de posse, a presidente Lorenna Bezerra, que foi reeleita, agradeceu a todos os associados pela participação ativa durante a primeira gestão e convocou a nova diretoria a estar sempre junta em prol das metas da Associação.

“O exercício dessa liderança é um grande desafio! O nosso trabalho é voluntário e esse conselho é bem empenhado na tomada de decisão. Juntos temos como missão representar e desenvolver o setor, facilitando o empreender e melhorando a qualidade de vida dos empresários e consumidores do nosso Estado”, destaca Lorenna.

“Este primeiro mandato que se encerrou foi um período de apagar fogo. Eu assumi no final de 2019 e em 2020 já veio a pandemia. O tempo todo tivemos que mostrar para o poder público e para a sociedade que não éramos vilões. Agora, nesta retomada, podemos focar realmente em questões específicas”, argumenta.

Conforme dados da Abrasel-MT, ao todos são 28 mil CNPJs e 70 mil empregos diretos no setor. “Esse novo ciclo vem com foco na capacitação de mão de obra! Temos um projeto ousado, a construção da escola Abrasel, que tem por finalidade treinar e aperfeiçoar a mão de obra do trade gastronômico. Temos planos de criar grandes parcerias e atender, no futuro, empresas de todo o Estado, fomentando cada vez mais o crescimento de novos empregos, novos negócios e a qualidade da experiência na alimentação fora do lar”, conta ela. 

Os associados Jhonathan Maldonado Mendes e Caroline Pereira Matos Maldonado, proprietários da Primus Peixaria, estão no ramo há 10 anos e consideram a interação proporcionada pela Associação como de suma importância. “São diretrizes que temos, dúvidas que são esclarecidas e, além disso, temos uma representação que briga pelos nossos direitos”, diz Jhonathan. “Nós não nos vemos como concorrentes, mas sim como empresas que estão dispostas a compartilhar suas experiências positivas e negativas”, observa Caroline.

O proprietário do restaurante Cupim na Telha em Rondonópolis (MT), Marcos Daniel Marcussi, conta que na época da pandemia fez muita falta a união entre os empresários da área. “Como não fazíamos parte de uma associação, não tivemos as mesmas conquistas que Cuiabá teve. Chegamos a ficar mais de oito meses fechados porque realmente não tínhamos auxílio”, lembra. “Vejo que a Abrasel auxilia no crescimento de todas as demandas que existem no mercado: mão de obra, treinamento, união. Percebemos uma constante evolução dos bares e restaurantes, pois eles nos trazem cursos e apoio”, afirma.

Outro foco é aumentar a robustez dos festivais gastronômicos, criando parcerias e temas inovadores. E na política, a tarefa é defender preventivamente o setor na gestão pública. “Eu me arrependo de não ter participado antes da Abrasel, pois vemos a interação, a cumplicidade entre os associados, a ajuda mútua entre eles, um dando a mão para o outro e se auxiliando, desde coisas simples como passar uma receita até as mais complexas, como se ajudar em mão de obra, área tributária, impostos, em todos os setores”, relata o proprietário do restaurante Arte na Roça, José Luiz Gomes Bezerra.

“A gente percebe uma união e fortalecimento entre os empresários cada vez maior. Quando estamos juntos temos mais força. E a oportunidade de podermos dividir nossas experiências faz com o que o estabelecimento não se sinta sozinho e se desenvolva melhor. Quando o setor vai bem para um, vai bem para todo mundo”, reforça Lorenna.

Diretoria

A nova diretoria da Abrasel-MT está representada por: Lorenna Bezerra, Giuliano Bello, Daniel Teixeira, Luis Fernando Medeiros, Nilvo Salvatori, Renato Romani, Selma Zarour, Fernando Quaresma, Marcos Daniel Marcussi, Rafael Ribeiro, Livia Nery, Guilherme Soares, Lenissa Nunes, Marcos Antônio Silva, Jarbas Nascimento e Sonia Cassol.

Sobre a Abrasel

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-MT) é uma organização de cunho associativo empresarial que tem como missão representar e desenvolver o setor de alimentação fora do lar (AFL), facilitando o empreender e melhorando a qualidade de vida no País.