Grandes mudanças na vida

Destaque

Por vezes temos vontade de fazer grandes mudanças, mas não sabemos como. Que rumo tomar? Qual atitude nos levará para onde gostaríamos de ir? Essa é uma sensação limitadora e que pode nos roubar sonhos. Porém, hoje, existem várias técnicas que auxiliam no desbloqueio desses sentimentos, como é o caso do coaching, um processo em que o profissional coach realiza conversas expansivas e estruturadas, que geram autoconsciência, aprendizado e suporte para que o caminho finalmente se abra.

A coach executiva, de vida e facilitadora, Iracema Irigaray, conta que o coaching a ajudou muito. “Eu sei de onde eu vim e sei o que ele fez de uma forma prática, expandindo minha consciência e me fazendo escolher com mais sabedoria”, revela. Por isso, há 13 anos, ela atua nessa área com o objetivo de auxiliar mais pessoas a alcançarem suas metas. “Contribuir com uma melhor qualidade de vida e melhorar a autoestima de alguém é o que me satisfaz e fortalece. É incrível ver a pessoa sair empoderada, mais forte e mais feliz do processo”, afirma.

Existem diferentes tipos de coaching. Segundo Iracema, podemos dizer que como base há o coaching executivo e o de vida. E dentre, principalmente o coaching de vida, a pessoa pode escolher um nicho. Por exemplo, relacionamento, mudança de carreira, emagrecimento, várias possibilidades. “São áreas da vida que você deseja equilibrar ou melhorar”, observa.

Os profissionais dessa área podem fazer verdadeiros milagres nas vidas das pessoas que estão com vontade e disposição para grandes viradas. Porém, algumas dicas no momento de contratar são importantes. “A minha sugestão é que se faça uma pesquisa para verificar se o coach é filiado a alguma instituição de confiança, como a Federação Internacional de Coaching (ICF), uma das mais reconhecidas no mundo.  Conheça a história dele, de que área vem, quanto tempo está atuando no mercado, informe-se e busque referências sérias”, aconselha Irigaray.

A Federação Internacional de Coaching (ICF) tem trabalhado fortemente no sentido de trazer mais seriedade para a área. Ela conta com mais de 50 mil associados e tem como objetivo promover a arte, a ciência e a prática do coaching internacional. Possui muitos estudos e pesquisas para elevar o padrão dos coaches e do coaching, oferecendo três credenciais: ACC, PCC e MCC, que estão relacionadas à quantidade de horas de coaching.

Iracema veio da linha educacional, foi professora em escola de metodologia Waldorf e estuda o ser humano desde 1997. “Essa base antroposófica me auxiliou muito a ajudar o outro a tomar consciência e na autoeducação. Trabalho com coach executivo, de vida e facilitação. Este último é o desenvolvimento de grupos e de equipes. Uma das linhas que gosto muito de coaching é o ontológico, que traz uma reflexão sobre a forma como a pessoa fala, de onde está vindo, o que está limitando-a, seus rótulos e crenças”, argumenta.

Para os que estão buscando fazer algo diferente em sua trajetória, uma boa notícia: as inscrições para o seu curso Gestão de Si Coaching: Desenvolvimento Humano foram recentemente abertas. “Durante toda a metodologia, auxilio a desenvolver o autoconhecimento e a capacidade de liderança. É uma experiência  profunda e transformadora”, garante. O curso inclui oito encontros presenciais de 3 horas cada, material impresso e certificado de 31 horas, sendo 24 horas presenciais e 7 horas de encontros on-line de mentoria em grupo. Quem se interessar por mais informações pode entrar em contato pelo telefone (65) 98493-0288 ou pelo Instagram @iracemairigaray.