Cuiabá ganha um mapa do seu patrimônio cultural

Turismo e Lazer

Grupo Coletivo Atlas Cuiabano vai distribuir 3 mil unidades dos mapas, nele, serão destacados as edificações, centros históricos, modos de fazer, formas de expressão, monumentos naturais, acervos, reunidos no mapa do Patrimônio Cultural da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá.

A ideia é promover e valorizar o Patrimônio Cultural de Cuiabá. O gráfico impresso reúne os bens protegidos oficialmente pelo município , pelo Estado de Mato Grosso, pelo Governo Federal e pela Unesco. Ao todo, são mais de 80 bens protegidos oficialmente na Região Metropolitana – que inclui o aglomerado Cuiabá/Várzea Grande e municípios como Chapada dos Guimarães, Acorizal, Nossa Senhora do Livramento e Santo Antônio do Leverger.

Também entram nessa “conta” o entorno metropolitano, ou seja, Jangada, Rosário Oeste, Nobres, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Barão de Melgaço e Poconé.

As informações estão divididas em dois mapas: um da região metropolitana e outro da área central de Cuiabá.

Realizado com o apoio das arquitetas e pesquisadoras Amélia Hirata, Maria Bárbara Thame Guimarães e Ana Vittori Frigeri, o mapa é impresso em risografia – uma técnica que alia tintas de baixo impacto ambiental e cores vibrantes.

O projeto é financiado pela Lei Aldir Blanc, através o do Fundo Municipal de Cultura de Cuiabá. Ao todo, serão distribuídas 3 mil unidades.

“Estes bens fazem parte do patrimônio cultural mato-grossense e brasileiro e são portadores de referência à história, memória e ação de diferentes grupos”, afirma o coletivo.

Caso queria fazer o download do mapa é só clicar e baixar por aqui: https://linktr.ee/atlascuiabano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.