Artigo: O segredo para o sucesso

Publi-Info

Por Dr. Fábio Argenta*

Amar a área na qual escolhemos atuar profissionalmente é um dos maiores segredos para o sucesso. Atuando com dedicação e humanidade, o Dr. Fábio Argenta nos conta um pouco sobre sua trajetória e planos para levar cada vez mais informação à sociedade.

Cardiologista, conselheiro do Conselho Regional de Medicina (CRM-MT) e presidente na atual gestão da Sociedade Brasileira de Cardiologia de Mato Grosso (SBC-MT), Dr. Fábio está em Mato Grosso há 20 anos e reside na capital há 03. Fez toda sua formação no Rio Grande do Sul e possui consultório em Lucas do Rio Verde (MT) e em Cuiabá.

No próximo dia 11 de fevereiro tomará posse na gestão 2022/2023 da SBC-MT como presidente e certamente encherá de orgulho sua esposa e seus dois filhos. Gaúcho de Passo Fundo, recebeu uma proposta há 20 anos para vir até Lucas do Rio Verde (MT) para ajudar a fundar o Hospital São Lucas e assim começou sua história em Mato Grosso. Ele havia recém finalizado sua formação em Clínica Médica e Cardiologia no Rio Grande do Sul.

Cuiabá veio alguns anos depois. Dr. Fábio participa de diretorias relacionadas à Cardiologia desde 2012, ingressou como primeiro representante do interior na gestão da SBC-MT em 2012 atuando como diretor de comunicação. E devido à sua dedicação e carinho pelo que faz, hoje está na presidência!

Nesta atual gestão vários outros profissionais, tanto de Cuiabá como do interior do Estado, estão compondo a diretoria. A ideia da chapa é integrar ainda mais os cardiologistas de Mato Grosso para que juntos consigam levar uma informação ética ao público leigo, que muitas vezes não tem acesso. A intenção é realizar também ações em diversas cidades, cumprindo um dos papeis da medicina à sociedade.

Apesar de residir em Cuiabá há pouco mais de 03 anos, já se faz presente profissionalmente na capital há 05 em razão da instituição Saúde Livre Vacinas, administrada por sua esposa Rosane Maria Orth Argenta. Dentro da Cardiologia, atua ainda como especialista em Hipertensão Arterial. Inclusive, é representante do Departamento Nacional de Hipertensão Arterial em Mato Grosso e ajudou a escrever um capítulo da Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial da Sociedade de Cardiologia, que foi publicado em novembro de 2020.

Com apenas 46 anos de idade já realizou várias ações importantes e segue atuando firmemente em busca de crescimento na profissão que escolheu. Como professor na Residência de Cardiologia do Hospital Santa Rosa, a dica aos jovens estudantes de cardiologia é “sobretudo tenha empatia e uma medicina humanizada. Além disso, o cardiologista acima de tudo deve ser um bom clínico, entender sobre o indivíduo como um todo. Assim, vai se destacar e naturalmente trazer mais benefícios ao seu paciente e à comunidade”.

Considerando que as doenças cardiovasculares são as que mais levam à morte no mundo, o conselho de ouro a todos é: cuide da alimentação e pratique atividade física! E nisso ele também é exemplo. Como prova, é possível observar em seu consultório um quadro de medalhas que já conquistou praticando corrida.

Aqueles que quiserem ouvir um pouco mais o Dr. Fábio, podem sintonizar-se no programa Saúde e Longevidade, às 7h toda sexta-feira na Rádio Conti, onde ele fala em conjunto com os colegas Débora Ormond, Gabriel Felsky e Noemy Ueno sobre assuntos relevantes para a população, convidando ainda outros profissionais da saúde.

*Dr. Fábio Argenta – CRM/MT 4194 – RQE 2859  é médico cardiologista, conselheiro do Conselho Regional de Medicina (CRM-MT) e presidente na atual gestão da Sociedade Brasileira de Cardiologia de Mato Grosso (SBC-MT)